Banco de relatos de acidentes em montanha - CBME

Relatório número 100

*** Caso você conheça as circunstâncias do episódio descrito abaixo e identifique discrepâncias por favor nos comunique***
 
Fonte do relato: Relato escrito por um dos participantes

Tipo de evento: Acidente

Mês e ano:  2015
Parte do dia: Manhã
Local: Rio de Janeiro - RJ/Plato da Lagoa
Número total de pessoas envolvidas: 3
Número fatalidades: 0

Tipo de ambiente: Rocha (escalada livre ou artificial)
Esportiva

Etapa da atividade: Subindo (inclui guiando, segundo ou cordas fixas)

Condições atmosféricas no momento: Sol

Causa(s) imediata(s):
Queda
Falha humana ou desconhecimento de técnica

Causa(s) contribuinte(s):
Segurança inadequada
Posição desfavorável

Tipo(s) de ferimento(s):
Contusão

Nível de experiência dos envolvidos:
Experiente (mais de 3 anos)

Relato:
Éramos 3 na base da Bom dia Africa.
Sem passar a corda e após o guia estar encordado decidimos iniciar a escalada, logo o mais jovem liga um som na base da via e o guia começa a escalar.
Por não ter passado a corda já me sinto desconfortável com a segurança, a corda encocava com frequência; junto disso o mais jovem que ligou o som começa em um papo desconcentrador e eu entro nesse papo...
O guia já estava na terceira proteção. Batendo papo, enrolado com a corda e com o som alto dou um passo à frente para desenrolar a corda e junto disso dou uma braçada de corda pro guia que estava no movimento dinâmico; ele não pára na agarra e cai. Tinha corda demais e ele vem ao chão.
Após perceber que tinha sido apenas um punho luxado fomos no freio para ver se ele estava mal montado. Não estava e chegamos à conclusão que foi essa dinâmica da desordem que provocou o acidente.

Prevenção (opinião do relator):
Passar a corda.
Manter a concentração no guia.
NÃO TER SOM NA BASE.

*** Este relato foi fornecido de forma espontânea por um membro da comunidade de montanhistas e reflete sua visão do acidente e sua opinião pessoal. Apesar de fazer máximo esforço para confirmar a veracidade e exatidão dos relatos, a CBME ou seus membros não se responsabilizam por eventuais discrepâncias ou inconsistências encontradas nos relatos, ou ainda se indivíduos ou empresas se sentirem de alguma forma ofendidos ou injustiçados pelo conteúdo do relato, apesar da forma anônima de apresentação dos dados. ***