Banco de relatos de acidentes em montanha - CBME

Relatório número 102

*** Caso você conheça as circunstâncias do episódio descrito abaixo e identifique discrepâncias por favor nos comunique***
 
Fonte do relato: Relato escrito por um dos participantes

Tipo de evento: Acidente

Mês e ano: Abril  2017
Parte do dia: Manhã
Local: Rio de Janeiro - RJ/Face Oeste Pão de Açúcar
Número total de pessoas envolvidas: 3
Número fatalidades: 0

Tipo de ambiente: Rocha (escalada livre ou artificial)

Etapa da atividade: Subindo (inclui guiando, segundo ou cordas fixas)

Condições atmosféricas no momento: Parcialmente nublado

Causa(s) imediata(s):
Queda

Causa(s) contribuinte(s):
Falha humana, distração e falta de experiência com uso de equipamento

Tipo(s) de ferimento(s):
Abrasão
Contusão
Psicológico

Nível de experiência dos envolvidos:
Pouca (menos de 1 ano)
Experiente (mais de 3 anos)

Relato:
Cordada 1
Guia 1
Participante A
Participante B

Cordada 2
Guia 2
Participante C
Participante D


Cordada 1 chegou na P1 da via. Enquanto Guia 1 se preparava para subir para a P2, Guia 2 chegou na P1. Guia 1 seguiu para a P2, Participante A fez a segurança com ATC Guide em corda nova de 9.1mm. Após a saída de Guia 1, Participante C chegou à P1. Havia então 4 pessoas na P1 e Participante D também subia mas parou um grampo abaixo da P1. Havia bastante movimento na parada e comunicação entre os membros das cordadas. Antes do Guia 1 chegar à P2, Participante A perdeu contato visual e continuava fazendo segurança observando o movimento da corda. Em determinado momento (Guia 1 já estava perto da P2) percebeu um puxão brusco na corda (como se o Guia estivesse costurando) e deu corda. Pouco tempo depois sentiu mais um puxão forte e deu corda novamente. Estava ajustando a posição da segurança quando sentiu novo movimento da corda e começou a liberar quando na verdade Guia 1 estava caindo. Nisso, a corda começou a correr. Participante A não conseguiu travar a queda com a mão da segurança, que queimou. Com a outra mão ‘enforcou’ a corda junto à base do freio e conseguiu então travar a queda. Mas Guia 1 já tinha caído aproximadamente 20 metros. Guia 1 sofreu lacerações nos braços, pernas e costas, e contusão no pé. Havia corda suficiente no sistema para descer Guia 1 para a P1. Uma vez que Guia 1 estava de volta na P1, Cordada 1 então rapelou para a base.

Prevenção (opinião do relator):
Fatores essenciais para prevenção de acidentes similares:
- Atenção redobrada quando não houver contato visual com o guia;
- Procurar evitar distrações na base ou parada na hora de dar segurança / reduzir movimento no local da segurança;
- Experiência no uso do equipamento de segurança. O diâmetro da corda está dentro das especificações do ATC Guide. Mas Participante A tem pouca experiência no uso de corda 9.1mm.

Fatores que poderiam ter contribuído para evitar o acidente:
- Uso de freio com maior poder de bloqueio;
- Uso de luva para dar segurança.

*** Este relato foi fornecido de forma espontânea por um membro da comunidade de montanhistas e reflete sua visão do acidente e sua opinião pessoal. Apesar de fazer máximo esforço para confirmar a veracidade e exatidão dos relatos, a CBME ou seus membros não se responsabilizam por eventuais discrepâncias ou inconsistências encontradas nos relatos, ou ainda se indivíduos ou empresas se sentirem de alguma forma ofendidos ou injustiçados pelo conteúdo do relato, apesar da forma anônima de apresentação dos dados. ***