Banco de relatos de acidentes em montanha - CBME

Relatório número 122

*** Caso você conheça as circunstâncias do episódio descrito abaixo e identifique discrepâncias por favor nos comunique***
 
Fonte do relato: Relato escrito por um dos participantes

Tipo de evento: Acidente

Mês e ano: Março  2018
Parte do dia: Manhã
Local: Rio de janeiro - RJ/Via coringa - pão de açúcar
Número total de pessoas envolvidas: 2
Número fatalidades: 0

Tipo de ambiente: Rocha (escalada livre ou artificial)

Etapa da atividade: Subindo (inclui guiando, segundo ou cordas fixas)

Condições atmosféricas no momento: Sol

Causa(s) imediata(s):
Queda

Causa(s) contribuinte(s):
Posição desfavorável

Tipo(s) de ferimento(s):
Contusão

Nível de experiência dos envolvidos:
Experiente (mais de 3 anos)

Relato:
No sábado dia 10/03, escalando a via coringa, tive uma queda guiando, de aproximadamente 10 metros, tendo como consequência un tornozelo torcido e uma leve escoriação em um dedo. A queda foi repentina sem que eu estivesse em uma situação difícil, eu estava fazendo a expressa do coringa e estava ao lado do grampo anterior ao IV° da via, estava um pouquinho fora da via pois havia um outro escalador puxando um participante. Eu estava em uma situação confortável e de repente escorreguei, acredito que o fato pode ter ocorrido por eu estar em uma parte um pouco suja da via ou por estar usando uma sapatilha nova. Aproveito para agradecer a solidariedade de todos os outros escaladores que estavam escalando nas vias daquela parede e abortaram suas escaladas para ajudar em meu resgate, e aos montanhistas que conseguiram transporte e gelo e foram me resgatar na Cláudio Coutinho.

Prevenção (opinião do relator):
Testar sapatilhas novas antes de usar em uma pedra.
Recomendações (CBME):
Se existem outras cordadas já escalando a parede é recomendado aguardar que as mesmas concluam o esticão e sempre conversar com o guia da cordada sobre ultrapassar ou não.

Procurar se manter no traçado da via para evitar escalar nas áreas mais sujas que estão mais sujeitas a escorregar.

*** Este relato foi fornecido de forma espontânea por um membro da comunidade de montanhistas e reflete sua visão do acidente e sua opinião pessoal. Apesar de fazer máximo esforço para confirmar a veracidade e exatidão dos relatos, a CBME ou seus membros não se responsabilizam por eventuais discrepâncias ou inconsistências encontradas nos relatos, ou ainda se indivíduos ou empresas se sentirem de alguma forma ofendidos ou injustiçados pelo conteúdo do relato, apesar da forma anônima de apresentação dos dados. ***