Banco de relatos de acidentes em montanha - CBME

Relatório número 20

*** Caso você conheça as circunstâncias do episódio descrito abaixo e identifique discrepâncias por favor nos comunique***
 
Fonte do relato: Relato escrito por um dos participantes

Tipo de evento: Incidente (quase acidente)

Mês e ano: Abril  2000
Parte do dia: Manhã
Local: Bragança Paulista - SP/Visual das Águas
Número total de pessoas envolvidas: 2
Número fatalidades: 0

Tipo de ambiente: Rocha (escalada livre ou artificial)

Etapa da atividade: Subindo (inclui guiando, segundo ou cordas fixas)

Condições atmosféricas no momento: Sol

Causa(s) imediata(s):
Queda

Causa(s) contribuinte(s):
Posição desfavorável
Corda atrás da perna

Tipo(s) de ferimento(s):
Sem lesões

Nível de experiência dos envolvidos:
Experiente (mais de 3 anos)

Relato:
Escalador A guiava via esportiva com segurança pelo escalador B. Durante um lance simples sofreu uma queda pequena mas como tinha a corda atrás da perna nesse momento foi rodado de costas e de ponta-cabeça, batendo com a nuca contra a rocha. Não sofreu lesões por estar de capacete.

Prevenção (opinião do relator):
Prestar atenção na posição da corda durante a escalada, evitando que fique atrás da perna.
Análise (CBME):
Ter a corda passando por trás da perna é uma ocorrência muito comum durante a escalada e deve ser evitada, pois em caso de queda nesse momento, o que seria uma queda controlada passa a ser uma queda totalmente aleatória, pois a corda atrás da perna forma uma báscula que vai girar o escalador para trás, invertendo sua posição, com o agravante de com o giro estar aumentando a velocidade se houver impacto com a rocha.
Recomendações (CBME):
Deve-se ter muita atenção com a posição da corda durante a escalada. O segurança também deve estar atento e deve alertar o guia caso identifique a situação antes do parceiro.

*** Este relato foi fornecido de forma espontânea por um membro da comunidade de montanhistas e reflete sua visão do acidente e sua opinião pessoal. Apesar de fazer máximo esforço para confirmar a veracidade e exatidão dos relatos, a CBME ou seus membros não se responsabilizam por eventuais discrepâncias ou inconsistências encontradas nos relatos, ou ainda se indivíduos ou empresas se sentirem de alguma forma ofendidos ou injustiçados pelo conteúdo do relato, apesar da forma anônima de apresentação dos dados. ***