Banco de relatos de acidentes em montanha - CBME

Relatório número 70

*** Caso você conheça as circunstâncias do episódio descrito abaixo e identifique discrepâncias por favor nos comunique***
 
Fonte do relato: Relato escrito com dados fornecidos por um dos participantes ou uma testemunha.

Tipo de evento: Acidente

Mês e ano: Maio  2014
Parte do dia: Amanhecer
Local: Santa Maria - RS/Morro do Carmo
Número total de pessoas envolvidas: 2
Número fatalidades: 0

Tipo de ambiente: Montanha (trilha)
Topo de rocha, 35m

Etapa da atividade: Sem movimento (inclui paradas de escalada em rocha)
Parado em beira de fogueira, no topo de rocha

Condições atmosféricas no momento: Sol
Sem condições atmosféricas relevantes para o acidente. Ao nascer do sol, sem nevoeiro.

Causa(s) imediata(s):
Comportamento de risco

Causa(s) contribuinte(s):
Posição desfavorável
Sem proteção ou com proteção inadequada

Tipo(s) de ferimento(s):
Abrasão
Contusão

Nível de experiência dos envolvidos:
Não se aplica

Relato:
O acidente ocorreu em topo de morro escarpado (Parede do Gamo, Morro do Carmo, Santa Maria, RS), com até 40 metros de altura. Os Participantes A e B saíram antes do amanhecer em caminhada até o local onde ocorreu o evento trágico, com fins de observarem a cidade de Santa Maria ao amanhecer do sol. Enquanto o sol não despontava, o Participante A fazia uma fogueira a menos de 1 metro da beira da parede rochosa, quando então foi envolvido pela fumaça, ficando tonto e despencando em queda livre cerca de 35 metros de altura, na linha da via de escalada "Coração do Rio Grande". A copa das árvores na base da parede certamente tiveram um papel fundamental na amortização do impacto. O Participante B gritou para seu companheiro, que respondeu momentos depois. O Participante A ligou solicitando socorro. Equipes de resgate dos Bombeiros (Bombeiros da Brigada Militar) foram acionadas e deslocadas em primeira instância. O SAMU de Santa Maria ficou de prontidão para atendimento pós resgate. Integrantes do GBS - Grupo Bandeirantes da Serra, organização filiada à FGM e CBME foram avisados posteriormente, mas quando chegaram ao local, um helicóptero blackhawk da Base Aérea de Santa Maria já fazia remoção. O participante A apesar da queda de 35 metros não sofreu nenhuma fratura.

Prevenção (opinião do relator):
Nunca acender fogueiras na beira de paredões rochosos. Evitar comportamentos de risco, aproximando-se de locais altos sem estar encordado.

*** Este relato foi fornecido de forma espontânea por um membro da comunidade de montanhistas e reflete sua visão do acidente e sua opinião pessoal. Apesar de fazer máximo esforço para confirmar a veracidade e exatidão dos relatos, a CBME ou seus membros não se responsabilizam por eventuais discrepâncias ou inconsistências encontradas nos relatos, ou ainda se indivíduos ou empresas se sentirem de alguma forma ofendidos ou injustiçados pelo conteúdo do relato, apesar da forma anônima de apresentação dos dados. ***