Banco de relatos de acidentes em montanha - CBME

Relatório número 9

*** Caso você conheça as circunstâncias do episódio descrito abaixo e identifique discrepâncias por favor nos comunique***
 
Fonte do relato: Relato escrito por um dos participantes

Tipo de evento: Acidente

Mês e ano: Fevereiro  2011
Parte do dia: Manhã
Local: São Tomé das letras - MG/Setor Guardião
Número total de pessoas envolvidas: 2
Número fatalidades: 0

Tipo de ambiente: Rocha (escalada livre ou artificial)

Etapa da atividade: Descendo (inclui rapel)

Condições atmosféricas no momento: Parcialmente nublado

Causa(s) imediata(s):
Comportamento de risco

Causa(s) contribuinte(s):
Posição desfavorável

Tipo(s) de ferimento(s):
Não especificado

Nível de experiência dos envolvidos:
Experiente (mais de 3 anos)

Relato:
[Nota CBME: relatório direto de um dos escaladores].
[Eu, escalador A,] Guiei uma via, e quando cheguei ao topo vi que os grampos estavam num platô na horizontal. Montei a parada, passei a corda no mestre e pedi para a escaladora B me descer de baldinho, que eu voltaria lá em cima a pé depois para tirar os mosquetões. Ela me desceu e fui limpando a via. Quando cheguei na primeira costura (de baixo para cima), estava um pouco longe horizontalmente da costura, coloquei o calcanhar numa agarra próxima ao grampo pra me equilibrar, tirei a costura do grampo, e em seguida tirei a costura da corda sem clipar na minha cadeirinha. A costura escapou da minha mão, e foi direto na testa da escaladora B que me dava segurança.

Prevenção (opinião do relator):
1. Uso de capacete para dar segurança - a escaladora B não estava utilizando capacete enquanto dava segurança.
2. Clipar a costura na cadeirinha, antes de desclipá-la da corda no momento do rapel.
Recomendações (CBME):
1. Usar capacete sempre, guiando ou dando segurança.
2. Especial atenção ao manusear equipamento, se possível prendendo ao local a ser transferido ANTES de soltar do local original, como no exemplo acima, prendendo a costura na cadeirinha antes de soltá-la da corda.

*** Este relato foi fornecido de forma espontânea por um membro da comunidade de montanhistas e reflete sua visão do acidente e sua opinião pessoal. Apesar de fazer máximo esforço para confirmar a veracidade e exatidão dos relatos, a CBME ou seus membros não se responsabilizam por eventuais discrepâncias ou inconsistências encontradas nos relatos, ou ainda se indivíduos ou empresas se sentirem de alguma forma ofendidos ou injustiçados pelo conteúdo do relato, apesar da forma anônima de apresentação dos dados. ***